Blog

Aparelho Hyrax

Aparelho Hyrax

APARELHO DE EXPANSÃO RÁPIDA DA MAXILA (Hyrax)

                Também conhecido como Disjuntor Maxilar é amplamente usado em casos onde temos uma atresia do osso maxilar (estreitamento da região óssea na qual os dentes superiores se fixam). O aparelho desse tipo mais comumente usado e mais indicado chama-se Hyrax.

                Em geral, até a puberdade (12 a 15 anos), a junção dos ossos da face não está completamente calcificada. Até essa idade, o uso do Hyrax torna-se ideal, pois como ainda não ocorreu a calcificação completa da sutura maxilar (união dos dois lados da maxila), nós conseguimos, através do aparelho, “abrir” esse osso, obtendo um ganho real de osso da maxila.

 

                                                             

  MORDIA CRUZADA POSTERIOR                                                 RX DO GANHO DE OSSO AO FINAL DA ATIVAÇÃO

 

PARA QUAL CASOS ELE É INDICADO?

                O aparelho de disjunção maxilar Hyrax é indicado principalmente em casos de atresia maxilar (osso da maxila estreito), o que ocasiona mordida cruzada, podendo acarretar diversos problemas de mordida, má posição dentária e problemas de fala e deglutição. Também pode ser indicado para simples falta de espaço para erupção dos dentes permanentes, apinhamento dentário ou recontorno do arco dentário (casos onde a arcada se encontra em forma de “V”).

 

COMO É ESSE APARELHO HYRAX?

                À primeira vista ele parece assustar um pouco, mas como o parelho é preso nos dentes do paciente e fica fixo a eles, é muito fácil se adaptar. Normalmente em menos de uma semana o paciente já está completamente adaptado. O próprio paciente ativa-o em casa, através de um pequeno dispositivo que fará o aparelho Hyrax expandir. A ativação normalmente dá-se por 2 a 4 semanas, é indolor e deve permanecer por volta de mais 3 meses na boca (tempo necessário para contenção do resultado obtido).  Vale ressaltar que o tratamento é completamente indolor.

 

ADULTOS TAMBÉM PODEM USAR?

                Caso a idade final de crescimento ósseo já tenha sido atingida, é possível que não consigamos o resultado esperado (ganho ósseo real). Nesses casos, o efeito expansivo limita-se à inclinação dentária, o que às vezes também pode ajudar. Porém existem casos  em que isso se torna contraindicado, sendo a cirurgia para abertura do osso maxilar a única solução. Portanto, é de fundamental importância uma avaliação ainda criança do paciente, com um ortodontista, para ver sua real necessidade.