Endodontia

“A Endodontia é a especialidade da Odontologia responsável pelo estudo da polpa dentária, do sistema de canais radiculares e dos tecidos periapicais.”
    
Diante da presença de cáries, traumatismos dentários, necessidades protéticas e outras patologias que atingem a polpa, o tratamento endodôntico (tratamento de canal) está indicado visando a manutenção dos dentes na cavidade bucal.

O diagnóstico dessas alterações normalmente ocorre através de exames de imagens (Raio x, tomografia computadorizada...) e história clínica relatada pelo paciente.

 

 

Após o correto diagnóstico clínico, o dente é preparado para o tratamento endodôntico (anestesia, isolamento do campo operatório, assepsia do campo). É realizada a abertura do dente para o acesso do canal (ou dos canais).

Em seguida inicia-se o preparo do canal radicular (limpeza e modelagem) através de instrumentos endodônticos manuais. Outra possibilidade mais recente é o emprego de instrumentos rotatórios, o que proporciona mais segurança ao procedimento.


A complexidade irá depender da quantidade de canais, anatomia, curvatura, calcificações e características clínicas específicas que variam a cada paciente.

A obturação dos canais poderá ser na mesma sessão do preparo dos canais ou em sessão subsequente (depois de ficar com medicação intracanal para garantir a máxima assepsia)

 

 

    
✓ Após a obturação concluída o dente está pronto para receber a restauração final ou ser preparado para reabilitação protética.